Find us on Google+

Pastor Carl Lentz fala sobre as dificuldades que Justin Bieber encontrou para conseguir se batizar

Em entrevista concedida para a edição de Janeiro da revista GQ, o Pastor Carl Lentz – líder da igreja cristã pentecostal Hillsong -, descreveu em todos os detalhes sobre as dificuldades que Justin Bieber encontrou para conseguir se batizar, no ano de 2014.

O pastor conta que por culpa do assédio excessivo do público, o canadense acabou sendo batizado na banheira do jogador de basquete Tyson Chandler, que também acompanha a Hillsong. Confira a matéria abaixo:

E se eu te falasse que eu tenho uma história do Justin Bieber que quebraria seu coração? Ou, pelo menos, colocaria um asterisco no que você acha dele? Não, ouça: Cerca de cinco anos atrás, o Pastor Carl recebeu um telefonema. Carl é um dos pastores líderes da igreja Hillsong NYC. Do outro lado da linha estava um dos melhores amigos de Carl, Judah Smith, outro grande pastor que também é o capelão da Seattle Seahawks. “Eu preciso que você me ajude com um jovem”, disse o Pastor Judah, e Pastor Carl acordou logo, porque ajudar é coisa do Carl, e o jovem era, sim, o Justin Bieber.

Em geral, as pessoas criticam o Justin Bieber por seus vários abusos de direitos humanos – eu ouvi uma vez que ele usou uma cadeira de rodas para furar a fila na Disneylândia e isso perturbou o Pastor Carl, porque Justin “vive sua vida na na rua da frente”, que é uma maneira do sul de dizer que podemos ver tudo o que ele faz, enquanto nós conseguimos realizar nossos pecados em relativo anonimato. Mas nenhum cristão, nenhuma pessoa, poderia viver sob o escrutínio que Justin enfrenta, disse o Pastor Carl. “Este garoto tem 21 anos. Ele está em um mundo terrivelmente tóxico. Ele está tentando fazer o seu melhor para descobrir isso. Ele nunca foi ninguém além do que ele professou ser, o que é um trabalho em progresso.”

É útil pensar de Justin Bieber aqui, neste momento de sua vida, como um personagem bíblico bem no fundo de um poço feito por ele mesmo. Ele foi pego fazendo coisas chocantes para todos ao seu redor, ele parecia estar gastando mais tempo com as drogas do que com Jesus. Sua música era ruim. Houve uma petição que circula online para deportá-lo de volta para o Canadá. Talvez eu tenha assinado. Mas um dia, de acordo com Carl, Justin olhou no espelho e ele ficou devastado por sentimentos de perda. Ele ficou de joelhos e chorou. “Eu quero conhecer Jesus,” Justin Bieber soluçou para o Pastor Carl. E assim, juntos, eles oraram. De repente, Justin foi conquistado pelo Evangelho, e ele disse, “Me batize.” E Pastor Carl disse: “Sim, fanfarrão” – ele realmente chama o Bieber de fanfarrão, e agora você deve, também – “vamos fazer isso. Vamos agendar um horário.” Mas Justin Bieber não poderia ser Justin Bieber por mais um minuto. “Não, eu quero fazer isso agora.” E o Pastor Carl viu salvação nos olhos de Justin, e sabia que seu batismo não viria rápido o suficiente.

“As pessoas perguntam se atendemos celebridades,” Pastor Carl me disse. “E eu digo, sim, nós atendemos. Celebridades merecem um relacionamento com Deus. Celebridades merecem um lugar para orar.” Então todos os filhos de Deus merecem, ele disse. E assim eles reservam assentos em uma seção especial para as celebridades, mas também para pessoas em cadeiras de rodas e mães solteiras que estão atrasadas. Mas é mais fácil para os filhos de Deus encontrar um lar de paz para rezar do que é para, digamos, Damon Dash.

Enfim, eu não terminei com a história do Justin Bieber. Então Justin queria/ precisava de um batismo imediatamente, e o Pastor Carl, o Pastor Judah  e Justin Bieber entraram em um carro, e um dos homens do corpo da igreja os levou até uma das filiais da igreja, para o hotel de Manhattan, onde  a Hillsong aluga a piscina para batismos. Mas quando eles chegaram lá, centenas de pessoas aguardavam por alguém que tivesse em evidência nos tablóides. O Pastor Carl chamou um amigo, cujo complexo de apartamentos tem uma piscina, mas quando eles chegaram, dezenas de pessoas estavam esperando lá, também.

“Então eu liguei para o meu cara”, disse Carl. Carl tem muitos caras, mas neste caso seu cara era Tyson Chandler, que antes estava no New York Knicks. Eram 02:00 horas da manhã agora. Os Knicks derrotaram o Miami Heat mais cedo naquela noite. Ele sabia que Tyson morava em um prédio chique na Upper East Side, com uma piscina. “Eu disse: ‘Irmão, eu estou em apuros aqui. JB está comigo, ele quer ser batizado. “Ele disse tipo, ‘Feito. Fácil’.” Mas eles chegaram e não havia acesso à piscina; estava muito tarde. Em seguida, Tyson percebeu que ele poderia ter outra solução. Ele lembrou a Carl que ele tem 2 metros de altura e que sua banheira foi construído para isso. Justin Bieber é um pouco mais baixo do que isso, e assim eles foram para a casa de Tyson, e esposa de Tyson fez algumas comidas e trouxe algumas toalhas e Justin entrou na banheira, e Justin Bieber mergulhou, emergiu da água e, renasceu.

E essa é uma memória que vai ficar com você, deixe-me lhe dizer: Justin Bieber, de joelhos na banheira de Tyson Chandler, molhado e soluçando contra o peito de Pastor Carl, tão incapaz de lidar em ser ele mesmo que ele precisa nascer outra vez, ele tem que ser declarado alguém completamente diferente, para conseguir passar pela noite.

Source: Bieber Fever Brazil

by
Pastor Carl Lentz fala sobre as dificuldades que Justin Bieber encontrou para conseguir se batizar

Posted in Latest News and tagged by with no comments yet.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *